Melhores ecovias para superar com garra a norte de Portugal Melhores ciclovias, ecopistas e ecovias de Portugal Ondas da Serra

Melhores ecovias para superar com garra a norte de Portugal Destaque

Classifique este item
(4 votos)

As pessoas estão de regresso à natureza, procurando trilhos para fazer a caminhar ou de bicicleta, por ciclovias, ecopistas ou ecovias. Esta demanda levou à criação de belos percursos, que atravessam locais magníficos, junto de rios, rasgando serradas montanhas, tocando o céu ou beijando o mar. Em alguns casos por onde resfolgavam comboios a vapor, agora gritam crianças caminhando ao lado dos pais ou pedalando forçosos grupos de ciclistas, trazendo vida a terras que já estavam esquecidas pelo tempo. Neste artigo mostramos-lhe algumas as nossas aventuras e como fomos felizes a percorrer algumas das mais icónicas do norte de Portugal.

 Ciclovia | O que podemos fazer e porque foram criadas1

  "Uma ciclovia ou pista ciclável é um espaço destinado especificamente para a circulação de pessoas utilizando bicicletas. isto é uma via de comunicação terrestre, de piso regular, destinada especificamente para a circulação de pessoas utilizando bicicletas (velocípedes)."

 Ecopista | O que podemos fazer e porque foram criadas1

 "Ecopista ou Pista Verde é a designação portuguesa atribuída aos percursos que utilizam antigos ramais ferroviários desativados. Estes situam-se em diversas regiões do território continental, potenciando a criação de uma verdadeira rede ou sistema nacional de passeios na natureza e, por vezes também em meio urbano.

As ecopistas são concebidas como percursos na natureza, uma vez que os antigos ramais ferroviários percorrem, de uma forma geral, zonas rurais ou naturais com interesse paisagístico, sendo o seu piso permeável, de terra batida ou saibro, para manter essa característica de caminho rural. Nos troços urbanos que eventualmente se tenham desenvolvido ao longo destes percursos, o pavimento pode ser impermeável (em asfalto ou betão), mantendo-se as outras características."

Vias Verdes, Voies Vertes, Voies Douces ou Greenways1

"Estas são algumas das designações internacionais de infraestruturas destinadas ao tráfego ligeiro não motorizado. Em Portugal, com as Ecopistas a REFER pretende aderir à Rede Europeia de Vias Verdes, que reúne hoje em dia vários países europeus e, em consequência, vir a tornar-se membro da Associação Europeia das Vias Verdes."

Ecovia | O que podemos fazer e porque foram criadas1

"Infraestrutura destinada à circulação a pé e/ou bicicleta e que tem como principal característica a ligação - tanto a nível local como regional - entre áreas de interesse ambiental."

Fonte: 1-portoenorte

Sinalização de trânsito das ciclovias, ecopistas e ecovias

 

Sinal de trânsito de pista obrigatória para velocípedes

Sinal de trânsito de pista obrigatória para velocípedes

Sinal de trânsito de pista obrigatória para peões e velocípedes (com separação)

Sinal de trânsito de pista obrigatória para peões e velocípedes (com separação)

Sinal de trânsito pista obrigatória para peões e velocípedes (sem separação)

Sinal de trânsito pista obrigatória para peões e velocípedes

Sinal de trânsito de fim de pista obrigatória para velocípedes

Sinal de trânsito de fim de pista obrigatória para velocípedes

Sinal de trânsito de fim de pista obrigatória para peões e velocípedes (com separação)

Sinal de trânsito de fim de pista obrigatória para peões e velocípedes (com separação)

Sinal de trânsito de fim de pista obrigatória para peões e velocípedes (sem separação)

Sinal de trânsito de fim de pista obrigatória para peões e velocípedes

 

  
 

Ecopista do Vouga-Novas etapas de S. Pedro do Sul e Vouzela

O Onda da Serra regressou de bicicleta à Ecopista do Vouga, para conhecer a Ecopista de São Pedro do Sul e a mais recente Ecopista de Vouzela, que também aproveitaram o antigo percurso ferroviário. O caminho que escolhemos começou na Serra da Freita e terminou na estação ferroviária de Macinhata do Vouga. Neste artigo vamos contar-lhes a nossa aventura através dum percurso espetacular que também pode fazer pelos melhores trilhos de Viseu e Aveiro.

 

 

Ecovia do Vez |Trilho selvagem junto de rios por passadiços

A Ecovia do Vez é um daqueles percursos que os amantes das caminhadas e bicicleta devem conhecer pela sua riqueza paisagística, história, fauna e flora. Os seus 32 quilómetros têm sempre por companhia os Rios Lima e Vez e terminam duma forma espetacular no Sistelo, que ganhou honradamente o titulo de Tibete Português.

 

 

Ecopista do Tâmega | Um calmo e belo percurso junto ao rio

O Ondas da Serra foi até Amarante percorrer a ecopista do Tâmega que liga esta cidade a Arco de Baúlhe, numa extensão de 40 quilómetros, marcada pelo rio, vinhas e Alto da Senhora da Graça.

 

 

Atreva-se na Ecopista do Vouga a melhor ciclovia de Aveiro

Depois de nós últimos tempos termos feitos algumas caminhadas exploratórias, Ondas da Serra resolveu mudar de ares e ir pedalar para Águeda e Server do Vouga. Com base neste objetivo fomos conhecer a Ecopista do Vale do Vouga e vamos relatar aqui a nossa experiência e algumas sugestões que poderão ser úteis.

 

 

Ecopista Póvoa do Varzim-Famalicão novo desafio aliciante

No dia 10 de julho de 2021, o ramal ferroviário que liga Póvoa do Varzim a Vila Nova de Famalicão voltou a expelir fuligem e a resfolgar de vapor, não das antigas locomotivas, mas da nova vida que ganhou. Encerrado ao tráfego em 1995, regressou da reforma para se ver transfigurado numa atrativa ecopista, por onde passam graúdos e miúdos, a caminhar ou a correr, montados em bicicleta de todos os tamanhos e feitios, empurrando carrinhos de bebé, uns mais lentos outros mais rápidos, mas todos cheios de vida e com vontade de ver as bonitas vistas sem comprarem bilhete.

 

Parta de bicicleta do Porto à descoberta de Vila do Conde

No ano da graça de 2021, partimos numa epopeia de bicicleta na demanda duma nau, que começou em Vila Nova de Gaia, navegando junto à costa atlântica do litoral norte do Porto, Matosinhos e Vila do Conde. Fomos à descoberta destas terras desconhecidos e ficamos maravilhados com os seu encanto histórico, patrimonial, ambiental e religioso, que vamos partilhar com o nosso reino.

 

 

Espinho | Ecovia do litoral

A Ecovia do litoral fica situada em Espinho e tem cerca de 12 Km. É possível fazer o seu percurso a caminhar ou de bicicleta e contemplar as várias praias no seu trajeto, ambientes urbanos e populares, como os bairros e cenas da vida dos pescadores. Se tiver sorte poderá ver estes homens na sua faina ou as artes de pesca a descansar ao sol à espera do próximo regresso ao mar.

 

 

Amigos do Ondas de bicicleta pela ciclovia da Ria de Aveiro

Como tínhamos informado os nossos leitores, realizou-se na manhã de 26 de agosto o primeiro passeio de bicicleta promovido pelo ONDAS DA SERRA, o "Ondas na Ria", que deu a conhecer aos participantes alguns recantos bucólicos da Ria de Aveiro.

 

 

BioRia – Percurso de Salreu

A Ria de Aveiro possui uma riqueza incalculável em termos da preservação da biodiversidade, mas é necessário estarmos atentos e lutar pela sua conservação, sendo esse um dos objetivos do projeto BioRia do Município de Estarreja.

 

 

BioRia | Percurso das Ribeiras de Veiros

Hoje vamos dar outra sugestão para os amantes da bicicleta poderem fazer muitos quilómetros, rodeados de belas paisagens, pássaros e belas fragâncias marítimas. Os desportistas das duas rodas podem aproveitar a linha de comboio do Norte e saírem na estação de Ovar. Aqui podem pedalar em direção ao Furadouro pela Avenida da Régua e junto à rotunda do Carregal, onde foi colocado recentemente um barco moliceiro, podem virar para sul em direção a São Jacinto.

 

 

De Ovar a Aveiro: sobre a importância do tempo

O Ondas da Serra, ou melhor o Sílvio, o Rui e eu, percorreu Ovar a Aveiro em bicicleta. A aventura começou no primeiro dia em que se ponderou fazer o caminho desde a cidade vareira à cidade dos canais, sempre com a Ria como apoio. Foram mais de 10 horas de percurso e perto de 90 quilómetros de caminho. Mais do que pedalar, ficar espalmado ou mergulhar os pés na lama, ficou a importância do tempo.

 

Leia também: Melhores percursos pedestre em Aveiro para fugir ao stress

Lida 335 vezes

Autor

Ondas da Serra

Ondas da Serra® é um Orgão de Comunicação Social periódico, distribuído electronicamente, que visa através da inserção de notícias, promover a identidade regional, o turismo, e a divulgação/defesa do património natural, arquitectónico, pessoas, animais e tradições, dos concelhos da região norte do distrito de Aveiro, nomeadamente: Ovar, Santa Maria da Feira, Espinho, São João da Madeira, Oliveira de Azeméis, Vale de Cambra e Arouca e do forma mais geral dos restantes municípios do distrito.

Itens relacionados

Novas Ecopista de S. Pedro do Sul e Ecopista de Vouzela

Novos percursos da Ecopista do Vouga | Ecopista de São Pedro do Sul e Ecopista de Vouzela

O Ondas da Serra regressou de bicicleta à Ecopista do Vouga, para conhecer a Ecopista de São Pedro do Sul e a mais recente Ecopista de Vouzela, que também aproveitaram o antigo percurso ferroviário. O caminho que escolhemos começou na Serra da Freita e terminou na estação ferroviária de Macinhata do Vouga. Neste artigo vamos contar-lhes a nossa aventura através dum percurso espetacular que também pode fazer pelos melhores trilhos de Viseu e Aveiro.

Ecovia do Vez |Trilho selvagem junto de rios por passadiços

Ecovia do Vez – 32 quilómetros junto de rios e natureza  

A Ecovia do Vez é um daqueles percursos que os amantes das caminhadas e bicicleta devem conhecer pela sua riqueza paisagística, história, fauna e flora. Os seus 32 quilómetros têm sempre por companhia os Rios Lima e Vez e terminam duma forma espetacular no Sistelo, que ganhou honradamente o titulo de Tibete Português.

Ecopista Póvoa do Varzim-Famalicão novo desafio aliciante

No dia 10 de julho de 2021, o ramal ferroviário que liga Póvoa do Varzim a Vila Nova de Famalicão voltou a expelir fuligem e a resfolgar de vapor, não das antigas locomotivas, mas da nova vida que ganhou. Encerrado ao tráfego em 1995, regressou da reforma para se ver transfigurado numa atrativa ecopista, por onde passam graúdos e miúdos, a caminhar ou a correr, montados em bicicleta de todos os tamanhos e feitios, empurrando carrinhos de bebé, uns mais lentos outros mais rápidos, mas todos cheios de vida e com vontade de ver as bonitas vistas sem comprarem bilhete.