Pág. 1 de 13

O Ondas da Serra foi até à aldeia de Sernadinha – Manhouce – São Pedro do Sul, para conhecer a cascata do Poço Negro. Esta pérola de Viseu foi esculpida pela natureza durante anos de intenso labor com água e cinzel.

Ondas da Serra regressou Arouca para conhecer melhor a Serra da Freita, pelos caminhos do trilho “Viagem à Pré-História”.Esta é uma das épocas do ano mais aconselhadas para fazer este percurso, porque a mãe natureza acordou para florir as encostas despidas destes montes com urze, carqueja e giestas, pintando-as de tonalidades amarelas e lilases, que enchem o ar com doces odores perfumados.

Ondas da Serra partiu em aventura por terras de Resende onde Deus na luz da criação começou a moldar o paraíso por Vale de Cabrum.

O Ondas da Serra regressou a Couto de Esteves - Sever do Vouga, para se aventurar no Trilho da Pedra Moura que deve o seu nome a um antigo monumento funerário megalítico.

Bom caminho - Buen camino, são os votos que mais se ouvem no Caminho Português para Santiago de Compostela, onde reza a história que está sepultado o Apostolo Bíblico Santiago. Cumprindo uma demanda interior, nós fomos de bicicleta pelos “caminos” de Portugal e de Galiza, com um sentimento religioso de Ibéricos povos que somos.

Os vastos horizontes que se têm aberto ao Ondas da Serra levaram-nos para fora de Aveiro para ver outras maravilhas do nosso país, desta vez fomos até São João da Fontoura em Resende, para degustarmos a sua Rota dos Cerejais.

Pág. 1 de 13
Pub