O Cais da Ribeira de Ovar, filho da ria de Aveiro, em tempos antigos foi um fidalgo abastado, ultrapassado pela importância do vapor que ali perto fez nascer uma estação. A sua construção remonta a 1754 e durante muito tempo teve grande importância no transporte de passageiros e trocas comerciais entre Aveiro, Porto, Régua e outras terras do interior.

Ovar possui cerca de 40 Km em ciclovias que percorrem o concelho junto à ria, florestas e praias. Esta riqueza é aproveitada por centenas de desportistas que todos os dias pedalam nas terras vareiras com especial incidência aos fins-de-semana. Contudo não basta fazer as vias é necessário fazer a sua manutenção e conservação.