Conheça a bonita e maior praia fluvial do Areinho em Arouca Praia Fluvial do Areinho - Rio Paiva - Canelas - Arouca Ondas da Serra
segunda, 19 julho 2021 00:25

Conheça a bonita e maior praia fluvial do Areinho em Arouca

Classifique este item
(4 votos)

A bonita e aprazível praia fluvial do Areinho é banhada pelo Rio Paiva, ficando localizada na União de Freguesias de Canelas e Espiunca – Arouca, sendo a maior deste concelho que pertence ao distrito de Aveiro. Não se vai arrepender de se banhar nas suas temperadas águas e confie em nós que irá passar um dia magnifico neste aprazível local, que ficou um pouco movimentado por causa dos passadiços do Paiva, mas que não lhe retiraram o encanto.

Praia Fluvial do Areinho - Rio Paiva – Canelas - Arouca

Praia vigiada

No Verão esta praia é vigiada por nadadores salvadores e o seu acesso de automóvel é controlado por um funcionário camarário já que o parque de estacionamento no fundo do vale é limitado devido ao espaço reduzido. Para minorar este problema foi construído um parque em terra batida na encosta superior, sendo necessário caminhar cerca de 600 metros para chegar à mesma. Apesar desta condicionante somos favoráveis a este controle para não acontecer o estacionamento selvagem e descontrole que se passava anteriormente.

Esta praia foi foi inaugurada por sua Excelência o Secretário de Estado dos Recursos Naturais Drº Ricardo Magalhães em 8 de junho de 1997.

Este é um dos locais de ponto de partida ou chegada dos Passadiços do Paiva, em consequência o ruído e o tráfego automóvel aumentaram em demasia, estando sempre a chegar ou a partir veículos todo o terreno de várias empresas turísticas ou táxis para levar ou trazer as pessoas que estão ou vão fazer o percurso.

Este também é um ponto de partida para quem gosta desportos radicais no Rio Paiva, tais como canyoning, canoagem, etc ou Rafting, KayakRafting, Hidrospeed (mais no Inverno).

As suas infraestruturas de apoio da praia fluvial contam com balneários com WC, duche e Posto de Socorros, junto ao Bar da Praia Fluvial que possui uma pequena esplanada.

Os banhistas podem tomar um duche exterior nuns chuveiros junto do areal. O parque de estacionamento tem espaço para cerca de 50 viaturas, se quiser um lugar tem que chegar cedo à praia.

Esta é uma praia concessionada vigiada por 2 nadadores salvadores durante a época balnear. As suas águas têm uma qualidade excelente, que é frequentemente controlada, embora o Rio Paiva seja considerado um dos rios mais limpos da Europa.  

Tenham em atenção que o fundo do rio é muito incerto e com pedras salientes, por isso deve atenção aos mergulhos ou quando caminhar junto da margem, agravado pelo facto das pedras serem muito escorregadias. Se não domina a natação não arrisque e não veja como nós vimos jovens a chegar à outra margem em dificuldade.

Na praia fluvial do Areinho tem também uma área de serviço para autocaravanas.

O que fazer na Praia Fluvial do Areinho

Prática de Desportos: Possibilidade de prática de canyoning, canoagem. É ponto de partida de outros desportos de Inverno - Rafting, KayakRafting e Hidrospeed

Pontos de interesse nas proximidades:

  • Ponte de Alvarenga, Sec. XVIII
  • Alvarenga (carreira dos moinhos e gastronomia)
  • Canelas (aldeia e zona de lazer e recreio do Vau)
  • Espiunca (zona de lazer e recreio )

Infraestruturas:

  • Balneários
  • Nadadores salva-vidas: No Verão
  • Estacionamento: Capacidade: 20 carros

Localização:

Rio Paiva a 15 Km da vila de Arouca e a 5 Km de Alvarenga.

Descrição:

Praia fluvial localizada na margem do Rio Paiva, na freguesia de Canelas. Ponto da partida de algumas actividades desportivas praticadas no Rio Paiva.

Leia também: As mais bonitas praias fluviais de Portugal

Galeria de fotos

Lida 2340 vezes

Autor

Ondas da Serra

Ondas da Serra® é um Orgão de Comunicação Social periódico, distribuído electronicamente, que visa através da inserção de notícias, promover a identidade regional, o turismo, e a divulgação/defesa do património natural, arquitectónico, pessoas, animais e tradições, dos concelhos da região norte do distrito de Aveiro, nomeadamente: Ovar, Santa Maria da Feira, Espinho, São João da Madeira, Oliveira de Azeméis, Vale de Cambra e Arouca e do forma mais geral dos restantes municípios do distrito.

Itens relacionados

Praia Fluvial do Castelo a melhor do Douro e Ilha dos Amores

A Praia Fluvial do Castelo, fica localizada na freguesia de Fornos em Castelo de Paiva, sendo banhada pelas amenas águas do Rio Douro. O Rio Paiva aqui desagua em frente à sua amada Ilha dos Amores, que outrora fortificada defendia cristãos de ataques de muçulmanas gentes e ajudou a fundar a Lusitânia Pátria. O seu enquadramento natural, desportos náuticos e infraestruturas oferecidas fazem dela uma das melhores da região. Este é também um lugar para gente jovem, que atravessa a nado até à ilha e do cimo de temerosos penedos se precipitam como loucos, em saltos vertiginosos, para as tranquilas águas do rio. Durante o verão, aos fins-de-semana há uma grande azáfama de embarcações a motor, por vezes fazendo perigar a segurança dos banhistas. As ondas arremetem para a praia, à passagem dos grandes cruzeiros, com turistas a ver as vistas das arribas do Douro, que acenam alegremente, mas lançando invejosos olhares ao povo que se refresca na praia.

Meitriz aldeia de xisto com bela praia fluvial no Rio Paiva

Meitriz em Arouca é uma terra profundamente longínqua, que brotou do fundo do Vale do Rio Paiva e que conserva ainda a sua traça tradicional, recebendo a distinção de Aldeia de Portugal. O rio por ela se enamorou, fazendo-lhe uma vénia ao chegar e oferecendo-lhe uma praia fluvial para se perfumar. Ela deu-lhe volta à cabeça, ele deu-lhe voltas ao rio, tão recortadas de pasmar, não podendo ficar partiu, dando lágrimas ao lugar. Por estas terras se reconquistou e perdeu território para o Sarraceno, Almançor por aqui atemorizou, mas este povo sempre lutou e como em Moldes igrejas sempre edificou. 

Janarde bela vista do Rio Paiva e Icnofósseis de Mourinha

Janarde em Arouca foi abençoada com uma luxuriante natureza e vista soberba sobre o vale do Rio Paiva, preservando ainda algum do seu casario em xisto e socalcos agrícolas que outrora davam pão ao povo. É também uma velha terra com milhões de anos gravados na história geológica das suas rochas. O espírito de Deus ao pairar sobre as águas deu à luz a vida, tendo a sua criação moldado seres de todas as formas e feitiços, que foram vivendo e morrendo ao longo de milhões de anos. Muitos foram aqueles que nos deixaram provas da sua existência, através dos restos fossilizados dos seus corpos ou icnofósseis das pistas por onde passaram, existindo aqui um importante geossítio do Arouca Geopark, onde poderá admirar marcas deste passado. A nossa curiosidade levou-nos a fazer um pequeno trilho para conhecer esta terra, paleontologia, icnofósseis, meandros, cocheiros e biblioteca do Rio Paiva.