Pág. 1 de 3

O chão de madeira serpenteia entre a maior zona lagunar do Norte de Portugal com o brilho que só a natureza pode proporcionar. Os passadiços da Barrinha de Esmoriz, no concelho de Ovar, são o passeio idílico para amantes de praia, natureza e emoções. É bonito por tudo o que oferece a quem o visita. Simples e poderoso.

Um destes dias fomos pedalar por Válega e Avanca. Iniciamos o percurso pela Rua Ponte de Pedra, perto da linha do norte da CP e do viaduto da Avenida D. Maria II em Ovar. Pedalamos alguns quilómetros em direção a sul, pela Rua do Afreixo, por um caminho de terra batida, sempre com a linha pelo nosso lado direito. A dada altura perto do apeadeiro de Válega tivemos que passar para o outro lado da linha e continuamos a pedalar em direção a sul, mas agora com a linha pelo nosso lado esquerdo.

A margem esquerda do Rio Inha em Canedo foi requalificada, dotando-o com uma bonita frente ribeirinha com cerca de três quilómetros. Quem circular pela Estrada Nacional 222 entre Canedo e Castelo de Paiva, antes da Ponte do Inha, vira à direita e desce para a Rua da Ribeirinha, onde começa o percurso, que termina no Rio Douro.

Ondas da Serra foi resgatar um pouco das nossas raízes ao lugar do Monte – Paramos – Espinho. Perdido no meio das encostas de um vale, encontram-se as ruínas da Estação Arqueológica – Castro de Ovil.

As emoções são o princípio de um projeto a dois. Se para Filipa é impossível viver sem alma, para Pedro a vida é mais intensa através da fotografia. Conheceram-se, viajaram, casaram e lançaram a Alma de Alecrim. O blogue, a loja virtual e o espaço físico, no centro histórico de Aveiro, são histórias de amor simples, mas intensas.

A esplanada tem vista privilegiada para o jardim público mais antigo de Ovar. A rua António Coentro de Pinho encaminha para a Estação Ferroviária da cidade. Aberta todos os dias, entre as 07h e as 20h, a Confeitaria e Pastelaria Garrett é perfeita para tomar o pequeno-almoço antes de apanhar o comboio, ler o jornal, comprar O Pão-de-Ló de Ovar, e experimentar o pão e regueifa da Marinha.

Pág. 1 de 3
Pub