Na próxima quinta-feira dia 8 de março, a Taberna Dom Joaquim, no Largo da Estação de Ovar, vai associar-se ao Dia da Mulher e proporcionar-lhes um bom serão onde as mulheres poderão jantar com as suas amigas num ambiente especial.

Não existem piratas, mercenários ou ladrões na Taberna Dom Joaquim, apenas damas e cavalheiros na cavaqueira, passageiros a aguardar pelo comboio e estudantes atrasados para as aulas. O Largo da Estação de Ovar recebeu no início do ano a reabertura de um espaço que é uma viagem no tempo e que, com o charme das tabernas medievais, oferece vinhos do Douro, petiscos e refeições difíceis de resistir.

O desejo de Amândio e Augusta Rebelo em oferecer bons momentos concretizou-se em 1991. Oxalá vestiu novos significados e consolidou-se como um dos restaurantes mais icónicos da cidade de Ovar. O compromisso é com as pessoas e com o seu bem-estar. Mais do que comida, o Restaurante Oxalá revoluciona o conceito de gastronomia requintada há 26 anos e atrai atenções em todo o mundo.

À mesa é sempre uma excelente maneira de terminar uma visita a Arouca. A vitela e o cabrito assado são os dois pratos típicos do Município. A carne confeccionada vem dos animais criados, sem recurso a rações, no Maciço da Gralheira, o segredo da excelência do seu sabor. A posta arouquesa, os medalhões de vitela ou a costeletas de vitela grelhada são outras sugestões gastronómicas. A acompanhar a refeição um vinho verde desta região vitivinícola.

A arte da culinária conhece em Santa Maria da Feira uma história apaixonante de sabores e segredos. A excelente cozinha, a clientela eclética e os vinhos premium proporcionam experiências gastronómicas únicas ao longo das 21 freguesias do concelho. Do sushi à cozinha italiana, sem esquecer a gastronomia portuguesa, as opções são versáteis e inesquecíveis.