Casa do Ambiente no Parque do Rio Ul em S. João da Madeira Casa do Ambiente no Parque do Rio Ul
quinta, 16 novembro 2017 14:34

Casa do Ambiente no Parque do Rio Ul em S. João da Madeira

Classifique este item
(0 votos)

Sensibilização para a reciclagem em S. João da Madeira |  Exposição abriu no início da semana e termina nesta sexta-feira

Até sexta-feira, 17 de novembro, é possível visitar a Casa do Ambiente em S. João da Madeira, na entrada norte do Parque Urbano do Rio Ul (zona de estacionamento).

Casa do Ambiente no Parque do Rio Ul em S. João da Madeira

Tendo como público-alvo os alunos das escolas da cidade (mediante inscrição), esta exposição, que abriu na segunda-feira e tem entrada gratuita, está também aberta ao público em geral entre as 9h00 e as 17h00.

Em S. João da Madeira, esta é uma das atividades integradas no projeto “100% Resíduos” do Projeto Educativo Municipal, dando a conhecer o circuito dos resíduos urbanos potencialmente recicláveis e transmitindo a melhor forma de os separar e depositar nos ecopontos.

A Casa do Ambiente é uma estrutura móvel disponibilizada pela ERSUC-Resíduos Sólidos do Centro, entidade a que o Município de S. João da Madeira está associado.

O objetivo é sensibilizar as pessoas, particularmente os mais jovens, para a necessidade de aproveitar, reutilizar/reduzir a produção de resíduos sólidos urbanos, especialmente os recicláveis, tais como cartão/papel, embalagens metálicas, de plástico e de vidro.

Lida 450 vezes

Autor

Ondas da Serra

Ondas da Serra® é um Orgão de Comunicação Social periódico, distribuído electronicamente, que visa através da inserção de notícias, promover a identidade regional, o turismo, e a divulgação/defesa do património natural, arquitectónico, pessoas, animais e tradições, dos concelhos da região norte do distrito de Aveiro, nomeadamente: Ovar, Santa Maria da Feira, Espinho, São João da Madeira, Oliveira de Azeméis, Vale de Cambra e Arouca e do forma mais geral dos restantes municípios do distrito.

Itens relacionados

Vereda do pastor percurso pedestre oculto da Serra da Freita

Pelo percurso pedestre do PR3 – Vereda do Pastor - Arões - Vale de Cambra, o Ondas da Serra foi conhecer as aldeias mais icónicas da encosta sul da Serra da Freita, Covô, Agualva e Lomba. Nesta caminhada ainda passamos por duas povoações já abandonadas de Porqueiras e Berlengas. Este trilho é muito rico em termos arquitetónicos, naturais, fauna e flora, onde podemos apreciar um núcleo composto por 15 canastros ou espigueiros, duas bonitas cascatas, luxuriantes ribeiros e belíssimas paisagens de montanha. Do alto das suas serranias pode-se observar a linha costeira que é coberta ao raiar da aurora e crepúsculo por uma envolvente neblina que é suplantada pela altitude, escondendo as riquezas dos horizontes e fundos dos vales.

Associação Dona Urraca Moreira a lutar pela terra oliveirense

O Ondas da Serra foi conhecer a ADUM - Associação Dona Urraca Moreira, localizada em Madail – Oliveira de Azeméis, que se dedica à defesa e conservação da natureza e património histórico do concelho. Neste artigo vamos conhecer o seu presidente, a sede da associação e sua história, que atividades têm desenvolvido e quais são os maiores problemas que têm enfrentado nestas áreas.  

Arouca | Frecha da Mizarela - Uma das maiores cascatas de Aveiro

A Frecha da Mizarela foi esculpida na Serra da Freita em Arouca, perto da aldeia de Albergaria da Serra, onde o Rio Caima despeja brutalmente e destemido as águas no abismo.