Ondas da Serra foi em busca dos tesouros de Trebilhadouro, não encontramos ouro, incenso ou mirra, mas um rico percurso pedestre, o PR4, integrado na Rota da Água e da Pedra de Vale de Cambra.

A terceira campanha arqueológica no Castro de Salreu (concelho de Estarreja) está a chegar ao fim, após quatro semanas de escavações que envolveram uma equipa de cerca de 40 pessoas, entre arqueólogos, estudantes e outros voluntários. Horas e horas de trabalho moroso vieram corroborar a existência da ocupação do local há cerca de 2500 anos, na Idade do Ferro, e desenterraram novos achados.

A campanha arqueológica deste ano no Monte de São Julião, na Freguesia da Branca, Albergaria-a- Velha, vai ser alargada para quatro semanas, entre os dias 7 de agosto e 1 de setembro. O Centro de Arqueologia de Arouca, que dirige o campo arqueológico, aceita até um máximo de 25 voluntários para acompanhar os trabalhos de prospeção.