Explore o Trilho Milenar da Pedra Moura em Couto de Esteves Anta da Cerqueira ou Pedra Moura Ondas da Serra

Explore o Trilho Milenar da Pedra Moura em Couto de Esteves

Classifique este item
(2 votos)

O Ondas da Serra regressou a Couto de Esteves - Sever do Vouga, para se aventurar no Trilho da Pedra Moura que deve o seu nome a um antigo monumento funerário megalítico.

Trilho da Pedra Moura em Couto de Esteves - Sever do Vouga

O percurso começa junto à bonita igreja de Couto de Esteves, que se apresenta de forma severa ao exterior e guarda a sua riqueza no interior, com os seus retábulos em talha dourada e um pequeno presépio com o menino Jesus muito detalhado. Se é crente reserve alguns minutos para agradecer ao seu Deus tudo o que de bom lhe acontece e tenha a humildade de reconhecer os seus erros.

Vídeo do Trilho da Pedra Moura

Conheça as aldeias de Cative e Cerqueira em Couto de Esteves - Sever do Vouga

Pelos caminhos rurais e florestais deste trilho, que serpenteiam pelos vales o visitante irá descobrir as aldeias de Cative e Cerqueira. A cada passo encontramos incrustados em antigos muros alminhas que protegeram o povo e que agora estão esquecidas. Estes ecos do passado relembram um tempo antigo de crenças que dotavam as pessoas duma força imensa para enfrentar as agruras da vida.

Leia também: Couto de Esteves | Trilho da Agualva

No vale do Rio Gresso uma levada de regadio acompanha o seu percurso e onde vimos pequenos anfíbios de todas as espécies que florescem devido às suas águas paradas e que saltavam à nossa frente num frenesim colorido.

O percurso passa por duas pequenas capelas a de N. Sra. Da Boa Hora em Catives e da Boa Viagem em Cerqueira, que vêem reforçar o carácter religioso destas gentes de outrora.

Monumento funerário Anta da Cerqueira mais conhecido por Pedra Moura

O ponto alto do percurso é a Anta da Cerqueira, conhecida popularmente pela Pedra Moura e nos remete para os nossos ancestrais que habitaram estes locais há cerca de 5000 anos atrás. 

Galeria de fotos do Trilho da Pedra Moura

 

  
 

Trilho da Pedra Moura - Couto de Esteves - Sever do Vouga, Anta da Cerqueira ou Pedra Moura, vista do Interior

Anta da Cerqueira/Pedra Moura

As antes ou dolmens são monumentos megalíticos funerários ligados ao ritual de enterramento coletivo, que foi utilizado na Europa Ocidental durante grande parte do Neolítico e Calcolítico. Uma Ante é constituída por uma câmara delimitada por lajes verticais (esteios), cobertas por outra laje de grandes dimensões a que se dá o nome de tampa.

A forma da câmara pode ser poligonal ou retangular e pode ter ou não um corredor de acesso, que é constituída por lajes verticais (normalmente de menores dimensões das da câmara), cobertas por lajes também mais pequenas do que a tampa.

Habitualmente está orientada a nascente. Os monumentos megalíticos eram cobertos por um montículo artificial de terra e/ou pedra a que se dá o nome de mamoa ou “tumulus”.

Por vezes apresentavam pinturas e/ou gravuras nos seus esteios, como é o caso da Anta de Chão Redondo, na freguesia de Talhadas deste concelho. A Anta da Cerqueira insere-se numa necrópole que conta atualmente com oito monumentos. Fonte CM Sever do Vouga

 

 

 

Trilho da Pedra Moura - Igreja Matriz de Couto de Esteves - Sever do Vouga

Igreja Matriz de Couto de Esteves

Igreja Matriz de Couto de Esteves, construída em granito, confere-lhe uma imagem exterior tradicional, singela e bastante antiga. No seu interior, destacam-se os retábulos em talha dourada, onde se destaque um painel do Menino Jesus, “Presépio”. Trata-se de um exemplar de grande valor artístico, pela sua beleza e minuciosidade, de dimensões reduzidas. Fonte CM Sever do Vouga

 

 

 

Lida 2196 vezes

Autor

Ondas da Serra

Ondas da Serra® é um Orgão de Comunicação Social periódico, distribuído electronicamente, que visa através da inserção de notícias, promover a identidade regional, o turismo, e a divulgação/defesa do património natural, arquitectónico, pessoas, animais e tradições, dos concelhos da região norte do distrito de Aveiro, nomeadamente: Ovar, Santa Maria da Feira, Espinho, São João da Madeira, Oliveira de Azeméis, Vale de Cambra e Arouca e do forma mais geral dos restantes municípios do distrito.

Itens relacionados

Ria de Aveiro: Conheça belo trilho escondido para BTT

As margens da extensa laguna da Ria de Aveiro, oferecem aos amantes da natureza, birdwatching, caminhadas e BTT, inúmeros locais paradisíacos para explorar. Alguns destes percursos estão já devidamente referenciados, mas há outros menos conhecidos que permitem viajar na companhia da ria, pelo lado lunar, por trilhos em terra batida, taludes ou passadiços. O Ondas da Serra ao longo do tempo foi explorando estes recônditos caminhos, catalogando e unindo alguns percursos menos conhecidos. Neste artigo vamos dar-lhe a conhecer um trilho entre Ovar e Aveiro, com mais de 80 quilómetros, pelo lado nascente da ria, assinalar cais, ribeiras e esteiros, pontos de interesse, fauna e flora. Vamos também disponibilizar os arquivos de tracking para os seus aplicativos de desporto, de forma a poderem também seguir a nossa exploração.

Janarde bela vista do Rio Paiva e Icnofósseis de Mourinha

Janarde em Arouca foi abençoada com uma luxuriante natureza e vista soberba sobre o vale do Rio Paiva, preservando ainda algum do seu casario em xisto e socalcos agrícolas que outrora davam pão ao povo. É também uma velha terra com milhões de anos gravados na história geológica das suas rochas. O espírito de Deus ao pairar sobre as águas deu à luz a vida, tendo a sua criação moldado seres de todas as formas e feitiços, que foram vivendo e morrendo ao longo de milhões de anos. Muitos foram aqueles que nos deixaram provas da sua existência, através dos restos fossilizados dos seus corpos ou icnofósseis das pistas por onde passaram, existindo aqui um importante geossítio do Arouca Geopark, onde poderá admirar marcas deste passado. A nossa curiosidade levou-nos a fazer um pequeno trilho para conhecer esta terra, paleontologia, icnofósseis, meandros, cocheiros e biblioteca do Rio Paiva.

O que visitar na Serra da Arada no belo Trilho das Bétulas

Saltando sobre picos montanhosos, cruzamos a imensidão da Serra da Arada, no concelho de São Pedro do Sul, que irrompeu pelo Maciço da Gralheira, no reino das Montanhas Mágicas e aventureiros descobrem a Rota da Água e da Pedra. Nesta serra trilhamos a Rota das Bétulas, que começa junto do Retiro da Fraguinha, que encerra religiosamente um pedaço de turfeira, antigo tesouro do tempo das glaciações. Do alto do espetacular Miradouro da Ribeira Escura, vislumbramos as aldeias de Candal e Póvoas das Leiras, que se fazem acompanhar pela Ribeira de Paivó e uma levada que parte da Lagoa da Fraguinha. Os modernos moinhos de vento chegaram como maquiavélicas criaturas, dotados de eólicos braços, que prostrados em cimo dos penedos ameaçam tudo o que a vista alcança, brandindo as suas facínoras espadas. Vamos então viajar e conhecer estes recantos, onde tão desrespeitado tempo viajou para paragens mais afortunadas e bafejadas pela agitação, desassossego e humano desatino.