Pág. 1 de 8

Em Cabomonte – São Miguel de Souto, na Tasca Centenária da Marçalina, um grupo de amigos reuniam-se em convívio à volta das cartas, dos petiscos e das brincadeiras. Com o tempo trouxeram instrumentos, os cantares ao desafio e a vontade de formarem um grupo musical. Desta forma simples nasceu o conjunto “Os Amigos da Tasca Centenária”, composto por seis músicos e uma cantadeira que perpetuam a nossa memoria coletiva com as suas vozes e melodias tradicionais.

O equilíbrio entre a emoção e o intelectual define Bruno Monteiro enquanto um dos melhores violinistas portugueses da atualidade. Nasceu no Porto, vive em Santa Maria de Lamas, e falou com o Ondas da Serra sobre as experiências emocionais que cria sempre que toca violino. “Tocar para as pessoas é comunicar emoções e raciocínio. É tudo.” A trabalhar no 12.º álbum, o artista promete mais um trabalho fora do comum, “apaixonado e obscuro”.

Ricardo Vieira imortaliza os compositores e as suas criações a cada concerto. O pianista nasceu em Santa Maria da Feira há 33 anos e hoje conquista plateias em todo o mundo. Dezassete anos depois do primeiro concerto com orquestra, no Teatro São Luiz, em Lisboa, garante que nunca vai com “receio para cima do palco”.

FESTCORDEL - Festival Internacional do Verso Popular | Noitada de Desafio e Desgarradas no sábado, dia 3, em Avanca

O Município de Estarreja associa-se ao FESTCORDEL - Festival Internacional do Verso Popular, Descante, Desgarrada, Desafio, que decorre em Estarreja, Murtosa e Albergaria-a-Velha. O evento passará esta semana por Estarreja nos dias 2 e 3 de março. Na sexta, dia 2, realizam-se sessões com poetas repentistas (desafios e desgarradas) dirigidas para IPSS e Escolas. No sábado, dia 3, o Auditório do Centro Paroquial de Avanca recebe uma Noitada de Desafio e Desgarradas, aberta a toda a população.

A viagem nasce na região de delta do Mississípi, com paragem obrigatória em Memphis, e amadurece à medida que se próxima do seu destino: Chicago. Percorre uma difícil estrada de confissões, conta histórias e vive cada emoção, sem tretas. Os Delta Blues Riders têm palmilhado Portugal a tocar para as pessoas. O concerto de amanhã no cineteatro António Lamoso será costurado à medida de cada uma destas vidas. Mais uma vez, sem tretas.

Ondas da Serra esteve no dia de Reis, 6 de janeiro, no café Ideal, com muitas décadas e tradições em Ovar para escutar as troupes convidadas. A quarta a cantar foi a Trupe de Reis da Sociedade Musical Boa União.

Pág. 1 de 8
Pub