UA | Hipnose revoluciona controlo da diabetes tipo I Investigadora Fabiana Rodrigues

UA | Hipnose revoluciona controlo da diabetes tipo I

Classifique este item
(0 votos)

Investigação de Fabiana Rodrigues do Departamento de Educação e Psicologia da Universidade de Aveiro | Estudo nacional revoluciona controlo da diabetes tipo 1 com uso da hipnose

Um estudo de uma investigadora da Universidade de Aveiro (UA) sugere que é possível controlar a diabetes tipo 1 através da hipnose. O trabalho da psicóloga Fabiana Rodrigues sugere que os pacientes, quando sujeitos à psicoterapia com recurso à hipnose, não só obtêm uma redução dos níveis de glicose no sangue como, por consequência, uma diminuição significativa da dose diária de insulina que administram. Com o estudo Fabiana Rodrigues pretende revolucionar o tratamento de uma doença ainda sem cura e que afeta milhões de pessoas.

“Os resultados da investigação são promissores e vão no sentido de uma redução estatisticamente significativa dos níveis de glicemia [concentração de glicose no sangue] em jovens diabéticos tipo 1 que, em alguns casos, obrigou à redução da dose diária de insulina administrada”, congratula-se a responsável pelo estudo Fabiana Rodrigues, cujo trabalho foi desenvolvido para a tese de Mestrado em Psicologia da Saúde e Reabilitação Neuropsicológica da UA.

Orientada pelos psicólogos Carlos Fernandes da Silva (professor no Departamento de Educação e Psicologia (DEP) da UA), Celso Oliveira (psicólogo clínico) e Agostinho D’Almeida (do Instituto Universitário da Maia), a psicóloga e atual estudante de doutoramento em Psicologia da UA testou a hipnose em jovens com diabetes do tipo 1 da Associação de Diabéticos do Concelho de Ovar.

 

Não cura, mas controla

A investigação decorreu em três sessões individuais de uma hora cada. Depois de ter procurado as "razões mentais que se associaram ao aparecimento da diabetes”, explica Fabiana Rodrigues, durante as sessões de hipnose “foram dadas sugestões, com recurso a imaginação guiada, no sentido da diminuição dos níveis de glicemia e hemoglobina glicosilada, sugestões pós-hipnóticos de mudança de estilos de vida e a habilidade para fazer auto-hipnose”. No final das sessões “verificou-se uma diminuição estatisticamente significativa das glicemias” que levou mesmo à diminuição das doses diárias de insulina. 

Fabiana Rodrigues garante que através desta técnica “os diabéticos podem mesmo recorrer às suas habilidades internas e fazendo auto-hipnose, a qualquer hora do dia e sem o terapeuta, podem controlar melhor os seus níveis de açúcar no sangue concomitantemente ao uso da insulina”.

Apesar da “hipnose não curar a doença diabetes tipo 1”, sublinha, “ajuda na gestão da mesma, minorando as consequências e contribuindo para a melhoria da qualidade de vida dos doentes”. Por isso, não tem dúvidas: “Consideramos que os resultados são muito satisfatórios”.

 

Credibilizar a hipnose

Publicado no jornal The European Proceedings of Social and Behavioural Sciences, o trabalho de Fabiana Rodrigues foi distinguido com  o 2º lugar do Prémio de Investigação Abade Faria 2016 e já foi apresentado em vários congressos de Psicologia, Medicina e Enfermagem, tendo sido recentemente divulgado no International Congress on Clinical & Counselling Psychology 2017, em Bari, na Itália.

“Urge credibilizar a ferramenta para melhor ajudar os pacientes nas suas perturbações emocionais, psicológicas e físicas. Nesse sentido, este trabalho foi muito desafiante, dando força à utilização de hipnose em setting psicoterapêutico”, afirma a jovem psicóloga cujo trabalho promete “continuar a dar frutos, contribuindo assim, para a fidedigna utilização da hipnose na Psicoterapia com base em evidência e não em folk psychology”.

Lida 325 vezes

Autor

Ondas da Serra

Ondas da Serra® é um Orgão de Comunicação Social periódico, distribuído electronicamente, que visa através da inserção de notícias, promover a identidade regional, o turismo, e a divulgação/defesa do património natural, arquitectónico, pessoas, animais e tradições, dos concelhos da região norte do distrito de Aveiro, nomeadamente: Ovar, Santa Maria da Feira, Espinho, São João da Madeira, Oliveira de Azeméis, Vale de Cambra e Arouca e do forma mais geral dos restantes municípios do distrito.

Itens relacionados

Percursos pedestres em Aveiro

O nosso magnifico distrito possui dezenas de trilhos onde podemos observar a natureza, pássaros, insetos, flores, árvores e escutar um silêncio que dificilmente encontramos no meio urbano. Por vezes durante as caminhadas poderá cruzar-se com os habitantes desses locais, lembrem-se que um cumprimento e um sorriso não custam nada e fazem muito bem. Nós temos falado com pastores, pescadores, idosos e feirantes que sempre nós ensinam algo e nos relembram de outros tempos em que a sociedade estava mais unida.

Eventos Ondas da Serra

Ondas da Serra pontualmente efetua alguns eventos onde pretendemos envolver a nossa comunidade. Nós achamos ser nosso dever partilhar os nossos conhecimentos, sobre yoga, meditação, amor que temos pela humanidade, património natural e arquitetónico, animais e tradições. Defendemos um mundo melhor, onde as pessoas vivam em harmonia consigo próprias e com o universo, sem semearem a discórdia. Já fomos andar de bicicleta, de bateira na Ria de Aveiro, de barco no Rio Douro, subimos serras, mergulhamos em lagoas, fizemos yoga e meditação e partilhamos almoços em locais fantásticos. Aqui ficam alguns dos nossos momentos, não perca a oportunidade de viajar connosco.

Yoga no Parque para aquietar o espírito

No Domingo passado, pela manhã, aquecidos pelo Sol e gelados pelo vento, a comunidade Ondas da Serra encontrou-se no Parque Urbano de Ovar para praticar Yoga e partilhar experiências.

Pub