sexta, 28 abril 2017 15:37

CMOvar apoia as associações e coletividades do concelho

Classifique este item
(0 votos)

CMOvar apoia as associações e coletividades do concelho investindo 1,7 milhões de euros no ano de 2017

A Câmara Municipal de Ovar vai atribuir mais de 1,7 milhões de euros às associações e coletividades do concelho, no ano de 2017, distribuindo mais de 395 mil euros pelas corporações dos bombeiros de Ovar e Esmoriz, e afetando mais de 1,3 milhões de euros para o movimento associativo do concelho.

De acordo com o presidente da autarquia, Salvador Malheiro, “o apoio às associações faz parte da nossa forma de trabalhar. É um investimento que fazemos na formação dos jovens e na melhoria das infraestruturas das associações de todas as freguesias. É um investimento na qualidade de vida das pessoas e no desenvolvimento coeso do território.”

Assim, de forma a “contribuir para o sucesso do trabalho desenvolvido, apoiando a formação de crianças e jovens, alargando horizontes e incrementando hábitos de cidadania”, justifica o presidente, e ao abrigo do Regulamento Municipal de Apoio ao Associativismo do Concelho de Ovar, que regula a atribuição destes apoios financeiros, a autarquia já disponibilizou mais de 239 mil euros para as associações de cariz social, mais de 542 mil euros para as coletividades na área cultural e recreativa, mais de 523 mil euros para os clubes desportivos e mais de 19 mil euros serão distribuídos pelas associações de pais, a que se junta o apoio às corporações dos bombeiros, superior a 395 mil euros, já protocolado.

O autarca reitera que “o trabalho de proximidade que as associações, os clubes desportivos e as corporações de bombeiros prestam à população merece todo o reconhecimento por parte do Município. São, em muitos casos, o primeiro apoio de quem precisa”.

Por fim, Salvador Malheiro sublinha que tem acompanhado de perto o trabalho desenvolvido, inclusive através da organização conjunta de várias iniciativas, conhecendo bem “as dificuldades que muitos atravessam na gestão diária”, garantindo que “estamos aqui para continuar a ajudar no que for preciso”.

 

Lida 350 vezes

Autor

Ondas da Serra

Ondas da Serra® é um Orgão de Comunicação Social periódico, distribuído electronicamente, que visa através da inserção de notícias, promover a identidade regional, o turismo, e a divulgação/defesa do património natural, arquitectónico, pessoas, animais e tradições, dos concelhos da região norte do distrito de Aveiro, nomeadamente: Ovar, Santa Maria da Feira, Espinho, São João da Madeira, Oliveira de Azeméis, Vale de Cambra e Arouca e do forma mais geral dos restantes municípios do distrito.

Itens relacionados

39 Aniversário do Rancho "Os Camponeses da Beira-Ria" - Bunheiro

O rancho folclórico “Os Camponeses da Beira-Ria”, do Bunheiro Murtosa, comemorou no passado domingo o seu trigésimo nono aniversário. A festa era para ser realizada na Casa-Museu Custódio Prato, mas a chuva levou os responsáveis a mudar o local para a sede da Junta de Freguesia.

S. João da Madeira recebe II Encontro da Rede Portuguesa de Turismo Industrial

Encontro em S. João da Madeira, nos dias 5 e 6 de abril | Turismo industrial dá passos para formalizar rede nacional | Programa inclui apresentação da Norma Portuguesa da Qualidade do Turismo Industrial

Os promotores de programas de turismo industrial em Portugal estão a dar passos firmes no sentido de formalizarem a rede que já os une e que marcou encontro para o edifício da Torre da Oliva, em S. João da Madeira, nos dias 5 e 6 de abril.

Município de Ovar volta a marcar presença na BTL Azulejo, Pão-de-Ló e Procissões Quaresmais em destaque na edição de 2018

Depois do retumbante sucesso do ano passado, o Município de Ovar voltará a marcar presença, com stand próprio, na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL) 2018, que decorre entre 28 de fevereiro e 4 de março, em Lisboa. Em destaque estarão, como habitualmente, as marcas Ovar - Cidade Museu do Azulejo, o Pão-de-Ló de Ovar e o Património Arquitetónico e Religioso, introduzido por um elemento inovador - uma maquete do centro da cidade de Ovar, da autoria do artesão vareiro José Maria Costa, na qual pode ser visualizado o património arquitetónico, o património azulejar e o património religioso, que inclui uma das seculares procissões quaresmais.