quinta, 19 janeiro 2017 20:01

Requalificação do Esmoriztur vai avançar | Investimento de 1,8 Milhões de euros

Classifique este item
(0 votos)

Cumprindo mais um objetivo do Plano de Ação para o mandato autárquico, foi hoje aprovado o projeto de execução, bem como autorizado o início de procedimento de Concurso Público da Empreitada de Requalificação do Edifício do Esmoriztur. Avaliada em 1,8 Milhões de euros, a empreitada prevê reabilitar o edifício designado por Cineteatro de Esmoriz, com o intuito de devolvê-lo ao usufruto da população.

Assim, será reabilitado o coração do edifício – sala de espetáculos, mantendo a sua função de espaço para atividades culturais, nomeadamente cinema e teatro, prevendo-se ainda a sua utilização para sala de conferências, concertos e todas as atividades que possam usufruir de um anfiteatro de grandes dimensões com capacidade para acolher confortavelmente 500 pessoas sentadas.

Paralelamente, coexistirão o gabinete administrativo, o posto de segurança, sala de reuniões, foyer, cabine de projeção, camarins, bar/cafetaria, e na cave uma outra sala para atividades culturais e formação, entre outros.. Destaque para o aumento da profundidade do palco, o aumento do backstage e a implementação de um acesso direto ao exterior para cargas e descargas.

Toda a reabilitação foi planeada de forma a otimizar as condições existentes e adaptá-las a novas exigências regulamentares, não tendo sido descuradas todas as questões relacionadas com a segurança e acessibilidade do edifício.

Salvador Malheiro, presidente da Câmara Municipal de Ovar, mostrou-se satisfeito com a aprovação deste projeto estruturante para a cidade de Esmoriz e para o Município de Ovar, afirmando “É nosso desiderato afirmar o Esmoriztur como espaço cultural do Município, a par de outros equipamentos culturais, pelo que a sua requalificação era imprescindível.”

Lida 357 vezes

Autor

Ondas da Serra

Ondas da Serra® é um Orgão de Comunicação Social periódico, distribuído electronicamente, que visa através da inserção de notícias, promover a identidade regional, o turismo, e a divulgação/defesa do património natural, arquitectónico, pessoas, animais e tradições, dos concelhos da região norte do distrito de Aveiro, nomeadamente: Ovar, Santa Maria da Feira, Espinho, São João da Madeira, Oliveira de Azeméis, Vale de Cambra e Arouca e do forma mais geral dos restantes municípios do distrito.

Itens relacionados

S. João da Madeira recebe II Encontro da Rede Portuguesa de Turismo Industrial

Encontro em S. João da Madeira, nos dias 5 e 6 de abril | Turismo industrial dá passos para formalizar rede nacional | Programa inclui apresentação da Norma Portuguesa da Qualidade do Turismo Industrial

Os promotores de programas de turismo industrial em Portugal estão a dar passos firmes no sentido de formalizarem a rede que já os une e que marcou encontro para o edifício da Torre da Oliva, em S. João da Madeira, nos dias 5 e 6 de abril.

Município de Ovar volta a marcar presença na BTL Azulejo, Pão-de-Ló e Procissões Quaresmais em destaque na edição de 2018

Depois do retumbante sucesso do ano passado, o Município de Ovar voltará a marcar presença, com stand próprio, na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL) 2018, que decorre entre 28 de fevereiro e 4 de março, em Lisboa. Em destaque estarão, como habitualmente, as marcas Ovar - Cidade Museu do Azulejo, o Pão-de-Ló de Ovar e o Património Arquitetónico e Religioso, introduzido por um elemento inovador - uma maquete do centro da cidade de Ovar, da autoria do artesão vareiro José Maria Costa, na qual pode ser visualizado o património arquitetónico, o património azulejar e o património religioso, que inclui uma das seculares procissões quaresmais.

S. João da Madeira fabrica réplicas de chapéu de Fernando Pessoa para exposição em Madrid

Oferta do programa de Turismo Industrial sanjoanense | Patente no Museu Rainha Sofia de 7 de fevereiro até 7 de maio

Sendo o chapéu um adereço indissociável da figura icónica do poeta Fernando Pessoa e sendo esse um dos produtos emblemáticos da cidade de S. João da Madeira, o Turismo de Portugal convidou este Município a associar-se à exposição PESSOA, patente no Museu Rainha Sofia, em Madrid, oferecendo 50 belíssimos chapéus de feltro, produzidos numa das empresas que fazem parte do programa de Turismo Industrial desenvolvido pela autarquia sanjoanense.