Pág. 2 de 2

O Município da Mealhada adere, mais uma vez, às Jornadas Europeias do Património, com três dias (22, 23 e 24 de setembro) de atividades abertas à população. Visitar gratuitamente o Convento de Santa Cruz ou levar as crianças a descobrir o Bussaco através dos livros são algumas das propostas do programa da Mealhada.

Visitas guiadas aos museus do Município, oficinas, uma caminhada e um passeio de bicicleta pela cidade são iniciativas a realizar em S. João da Madeira, no âmbito das Jornadas Europeias do Património, que decorrem nos dias 22, 23 e 24 de setembro.

De 22 a 24 de setembro, o Museu Convento dos Lóios, o Museu do Papel Terras de Santa Maria, o Museu de Santa Maria de Lamas, o Castelo da Feira e a Casa da Portela associam-se às Jornadas Europeias do Património 2017, dedicadas ao tema “Património e Natureza”. Visitas guiadas e percursos orientados, ateliês lúdicos e oficinas pedagógicas são as atividades a realizar, todas de participação gratuita, mas sujeitas a marcação prévia.

Jornadas Europeias do Património | Património e Natureza, Pessoas, Lugares e Histórias

Estas jornadas pretendem chamar a atenção para a importância da relação entre as pessoas, as comunidades, os lugares e a sua história, mostrando como o património e a natureza se cruzam nas suas diferentes expressões - mais urbanas ou mais rurais - e para a necessidade de preservar e valorizar esta relação, fundamental para a qualidade de vida, para a qualificação do território e para o reforço de identidades.

A campanha arqueológica deste ano no Monte de São Julião, na Freguesia da Branca, Albergaria-a- Velha, vai ser alargada para quatro semanas, entre os dias 7 de agosto e 1 de setembro. O Centro de Arqueologia de Arouca, que dirige o campo arqueológico, aceita até um máximo de 25 voluntários para acompanhar os trabalhos de prospeção.

Pág. 2 de 2