Pág. 5 de 7

Ondas da Serra regressou às montanhas desta vez andou pelos caminhos do PR1 em Varandas da Felgueira - Vale de Cambra, que faz parte das “Aldeias de Portugal”. Neste artigo vamos centrar-nos como habitualmente nas pessoas, nos rostos mais expressivos e nas historias de vida que fomos encontrando pelos caminhos de Felgueira, Carvalhal do Chão, Vilar de Cepelos e Viadal.

Norberto Lopes Pinto rumou ao continente africano para fazer voluntariado e reuniu as memórias de viagem no livro “Africa nos Sentidos”. Na próxima sessão do ciclo “Conversa com…” da Biblioteca Municipal, no sábado pelas 16h30, o autor vai partilhar as emoções, os perigos e as várias situações marcantes que viveu durante a viagem, que começou em Inglaterra e acabou na África do Sul. A entrada é livre.

Joaquim Sousa Velindro, mais conhecido em Ovar por "Quim barbeiro", nasceu em Águeda no dia 10 de dezembro de 1951. É proprietário do cabeleireiro de homens "Salão Azul", situado na Rua dos Mártires da República.

Joaquim Andrade | Campeão no ciclismo e na vida - 2 Parte

Ondas da Serra esteve à conversa com Joaquim Andrade o eterno ciclista, os mais novos talvez não o conheçam e para isso nós vamos relembrar como é a constituída a fibra de um campeão. Fomos encontrar o antigo campeão na sua loja em Travanca, atarefado como sempre e rodeado de veículos de duas rodas. Com 71 anos de idade ainda mantém a chama viva daquela força que o caracterizou e fez dele um marco do ciclismo nacional/internacional e um exemplo vivo para várias gerações.

Joaquim Andrade | Campeão no ciclismo e na vida - 1 Parte

Ondas da Serra esteve à conversa com Joaquim Andrade o eterno ciclista, os mais novos talvez não o conheçam e para isso nós vamos relembrar como é a constituída a fibra de um campeão. Fomos encontrar o antigo campeão na sua loja em Travanca, atarefado como sempre e rodeado de veículos de duas rodas. Com 71 anos de idade ainda mantém a chama viva daquela força que o caracterizou e fez dele um marco do ciclismo nacional/internacional e um exemplo vivo para várias gerações.

Um dos propósitos do projeto “Ondas da Serra” é mostrar o rosto do povo e das nossas tradições. A nossa equipa andou em Ul - Oliveira de Azeméis e encontrou os seus habitantes atarefados com as suas lides agrícolas, domésticas ou apenas descanso. Aqui ficam alguns depoimentos destas simpáticas pessoas que estão sempre disponíveis para fazer um compasso de espera e contarem um pouco das suas vidas. É por esta razão que o campo atrai, longe do reboliço dos centros urbanos onde as pessoas cada vez se afastam mais.

Pág. 5 de 7