Pág. 4 de 5

O "Ondas da Serra" deslocou-se ao Museu da Chapelaria, situado em São João da Madeira, e falou com Joana Galhano, que trabalha neste espaço municipal desde 2005, "quando começou a ser desenvolvido o projeto de investigação que durou 10 anos, aos quais se podem acrescentar os 12 anos que passaram desde a sua abertura." O Museu da Chapelaria é um dos quatro que existe na União Europeia, sendo uma "instituição de natureza permanente, criada para o interesse coletivo."

14 de outubro a 25 novembro

Para a XVIII edição, o Grupo de Teatro Renascer preparou uma programação de excelência, com vários espectáculos, sendo que 2 deles são peças profissionais de grande sucesso a nível nacional.

Museu do Rádio abriu portas em bustos | Sonho de décadas foi concretizado

O sonho é hoje uma realidade! Foi inaugurado, no dia 27 de setembro, a Radiolândia – Museu do Rádio, na vila de Bustos, que conta com uma coleção de cerca de 1.500 rádios.

Uma edição da Câmara Municipal | Monografia torna públicos os resultados dos trabalhos arqueológicos no Castelo

No Dia Nacional dos Castelos, 7 de outubro, a Câmara Municipal de Santa Maria da Feira vai lançar a publicação monográfica “Castelo de Santa Maria da Feira: estudos arqueológicos” que, pela primeira vez, torna públicos os resultados arqueológicos realizados no ex-líbris feirense. Coordenada pelo arqueólogo Ricardo Teixeira, a obra representa o corolário natural da investigação iniciada aquando do desenvolvimento do projeto de valorização do Castelo da Feira.

192 dias em Moçambique traduzem-se em mais de 4000 fotografias, 50 vídeos e inúmeros momentos que nenhuma objetiva poderia captar. Baterias explodiram, passaportes roubados (e reencontrados), fronteiras cruzadas e cajus (demasiados) apreciados. Infelizmente, os espinafres não resistiram, acabando dizimados pelas mãos de uma senhora de porte frágil mas força, aparentemente, invejável.

Um dos propósitos do projeto “Ondas da Serra” é mostrar o rosto do povo e das nossas tradições. A nossa equipa andou em Ul - Oliveira de Azeméis e encontrou os seus habitantes atarefados com as suas lides agrícolas, domésticas ou apenas descanso. Aqui ficam alguns depoimentos destas simpáticas pessoas que estão sempre disponíveis para fazer um compasso de espera e contarem um pouco das suas vidas. É por esta razão que o campo atrai, longe do reboliço dos centros urbanos onde as pessoas cada vez se afastam mais.

Pág. 4 de 5