sábado, 09 setembro 2017 14:26

Parque do Buçaquinho: o amante da Natureza Destaque

Classifique este item
(2 votos)

Descobrir todos os segredos do Parque Ambiental do Buçaquinho em apenas uma visita é praticamente impossível. O espaço lúdico-pedagógico localiza-se entre Esmoriz e Cortegaça, no concelho de Ovar, e é o parque urbano ideal para um retiro. As plantas aromáticas, as seis lagoas, o parque infantil e os trilhos compõem 24 hectares de um manto verde e repleto de vida.

Parque Ambiental do Buçaquinho

Quem conheceu a antiga estação de tratamentos de águas residuais de Esmoriz não conseguiria imaginar a mudança radical que sofreu e o oásis a que viria a dar lugar. Inaugurado em Abril de 2016, o Parque do Buçaquinho foi premiado em 2016 pelos Green Project Awards na categoria de “Cidades Sustentáveis”. Um projecto de promoção do desenvolvimento sustentável, onde sociedade e natureza convivem sem atritos ou desrespeito.

Praticar exercício, aproveitar para estender uma toalha e ler, conversar, jogar às cartas ou apanhar sol, brincar no parque infantil, alugar bicicletas e ver vida animal são algumas das actividades disponíveis e motivos que diariamente levam dezenas de visitantes ao parque. A cafetaria pode ser o ponto de chegar ou de partida, dependendo de feitios e prioridades.

Local privilígiado para fazer birdwatching

Aberto ao longo de todo o ano, ainda que com horários de Inverno e de Verão, o Parque Ambiental do Buçaquinho, no distrito de Aveiro, é para todas as ocasiões. Entre os cheiros de ervas aromáticas como tomilho, anis, balsamita e alecrim, pode optar por andar de bicicleta (gratuito), observar aves, nomeadamente patos e pica-paus malhados, ou simplesmente deitar-se e aproveitar um tempo que passa sem relógio.

O parque de Esmoriz apresenta-se como local de passagem e nidificação de aves migratórias, com destaque para o Pato-real e a Garça-Real. Ao longo dos percursos disponíveis pode encontrar placas de identificação dos espaços e das características singulares deste espaço urbano.

As seis lagoas permitem observar os sistemas fitodepuradores de água. Ou seja, estruturas de vegetação que permitem a criação de habitats, protecção das margens e melhoria da qualidade da água. Se tem uns binóculos, use-os para observar a vida.  

A harmonia é a principal riqueza deste refúgio natural, com o pinhal e as seis lagoas a conferir-lhe um carácter especial, próprio dos projectos que contribuem para a melhoria dos seus utilizadores. Enquanto aproveita para descansar, estar em família ou abstrair-se do mundo, pode visitar o centro de educação ambiental, idealizado para os alunos das escolas concelho de Ovar mas disponível para crianças de concelhos adultos e graúdos.

O importante é não deixar escapar a oportunidade de se desligar e estar em equilíbrio que só a natureza consegue proporcionar. Se for amante de praia, está a apenas alguns minutos do areal de Esmoriz. Não deixe, também, de aproveitar os passadiços na Barrinha de Esmoriz, recentemente inaugurados.

Leia também: Percursos pedestres/bicicleta em Aveiro

Galeria de fotos

 

Lida 1067 vezes

Autor

Ricardo Grilo

Histórias capazes de entrar em contacto com as emoções de quem as lê justificam a minha paixão pelo jornalismo. Natural de Santa Maria da Feira, acredito no potencial de um concelho em ensaios para escrever a sua autobiografia. Aos 24 anos, e enquanto colaborar do ‘Ondas da Serra’, procuro a beleza em escrever sobre uma terra tão especial.

Itens relacionados

Aprenda como se ensinava no Museu Escolar Oliveira Lopes

A história dos irmãos Oliveira Lopes de Válega que construíram uma escola

Esta é a história de dois irmãos do Cadaval – Válega que no começo do século XX, resolveram combater a expensas próprias o analfabetismo e mandaram erigir uma escola na sua terra que marcou tantos homens e mulheres e que comprova a importância do saber para elevar o ser humano. Naquele tempo não havia ensino obrigatório e universal, existiam poucas escolas, mestres e os alunos andavam desnutridos, mal vestidos e calçados.

Na sessão camarária de 29 de Janeiro de 1908 foi presente um ofício do subinspector escolar José de Castro Sequeira Vidal comunicando que José de Oliveira Lopes e seu irmão Manuel José de Oliveira Lopes, do lugar do Cadaval, da freguesia de Válega, ofereciam-se para custear todas as despesas com a construção dum edifício para as escolas oficiais e habitação dos respetivos professores dessa freguesia, pelo que pedia a cedência gratuita do terreno necessário para aquele construção que, concluída, seria oferecida ao Estado pelos citados beneméritos.” Lamy, A. (1977). Monografia de Ovar - volume 2 (1st ed., p. 376). Ovar [Portugal].

Vida de inseto | Rota dos três rios

Muitas vezes na vida andamos e não caminhamos, vemos e não observamos e ouvimos sem escutar. Gostamos das caminhadas na natureza porque elas nos oferecem a possibilidade se estivermos atentos de observar as pequenas vidas dos insetos, conhecer novas plantas ou ver pegadas de animais.

Manhouce terra do canto da natureza e tradições

Num dia que ameaçava chuva, imbuídos desta necessidade de mergulhar no interior profundo de Portugal, fomos conhecer Manhouce, do concelho de São Pedro do Sul e distrito de Viseu. Pelos seus caminhos percorremos o PR1 - Rota de Manhouce, conhecemos algumas das suas aldeias e tivemos um vislumbre das riquezas naturais do Maciço da Gralheira.