Apresentação da bolsa de guias do Parque do Rio Ul Rio Ul
quarta, 04 abril 2018 15:59

Apresentação da bolsa de guias do Parque do Rio Ul

Classifique este item
(0 votos)

Na terça-feira, 10 de abril, às 18h00, na Câmara de S. João da Madeira

No dia 10 de abril, terça-feira, às 18h00, será apresentada a Bolsa de Guias do Parque do Rio Ul, bem como as bases para o Programa Participado de Atividades a desenvolver nesse espaço verde de S. João da Madeira. Esta sessão decorre no Salão Nobre da Câmara Municipal, sendo aberta a todas as organizações e cidadãos interessados.

Com a Bolsa do Guias do Parque do Rio Ul pretende-se selecionar e formar 15 jovens licenciados (não exclusivamente, mas principalmente) e criar uma Bolsa de pessoas com competências para acompanhar visitas de interpretação do património natural e cultural do Parque e dinamizar atividades de descoberta deste equipamento municipal.

A formação, proporcionada por especialistas em geografia, história, biologia e comunicação será gratuita (30 horas). As atividades que os Guias desenvolvam no Parque a pedido da Câmara Municipal de S. João da Madeira serão remuneradas.

Com o Programa Participado de Atividades no Parque do Rio Ul, preconiza-se um envolvimento de cidadãos e organizações Sanjoanenses na sua dinamização. Tratando-se de um espaço que pertence à cidade, pretende-se que os cidadãos e organizações possam também ser agentes ativos nas ofertas de atividades e eventos em prol da dinamização da cidade e que atentem a novas formas de fruição do Parque. As atividades podem ser diversas e para distintos públicos. Os organizadores terão direito a ferramentas de divulgação desenhadas especialmente para o efeito.

Estas atividades integram o projeto "Conservação e Dinamização do Parque do Rio Ul" promovido pela Câmara Municipal de S. João da Madeira e cofinanciado pelo Norte 2020. O projeto inclui medidas de recuperação do património existente, por um lado, e o aumento do conhecimento sobre os valores naturais criando condições para o envolvimento dos cidadãos e organizações na dinamização ativa do Parque, por outro.

No âmbito do projeto está já em curso o Programa Educativo "Quantos parques há no Parque?" que envolve 17 docentes e cerca de 400 crianças e jovens Sanjoanenses bem como foi realizado o Estudo da Biodiversidade no Parque do Rio Ul, na qual foram identificadas 202 espécies e subespécies de flora vascular e 57 espécies de fauna selvagem.

Lida 440 vezes

Autor

Ondas da Serra

Ondas da Serra® é um Orgão de Comunicação Social periódico, distribuído electronicamente, que visa através da inserção de notícias, promover a identidade regional, o turismo, e a divulgação/defesa do património natural, arquitectónico, pessoas, animais e tradições, dos concelhos da região norte do distrito de Aveiro, nomeadamente: Ovar, Santa Maria da Feira, Espinho, São João da Madeira, Oliveira de Azeméis, Vale de Cambra e Arouca e do forma mais geral dos restantes municípios do distrito.

Itens relacionados

Entre Ambos-os-Rios | Uma península fluvial

Localizada no concelho de Ponte da Barca, a freguesia de Entre Ambos-os-Rios, não é uma jangada de pedra, embora a sua península formada pelos rios Lima, Tamente e Froufe pareça ter uma grande vontade de ir conhecer o oceano atlântico lá para os lados de Viana do Castelo.

Pedras Boroas do Junqueiro | As côdeas do povo

A Serra da Freita é dotada de prodígios geológicos, rochas dobradas com milhares de anos, pedras que dão à luz ou são pão para o povo. Lá para os lados do Junqueiro - Arouca, os penedos resolverem tomar forma de boroas para enganar o engenho humano.

Pedras parideiras que dão à luz na aldeia da Castanheira

Quem sobe para a Serra da Freita em Arouca, está longe de imaginar que no seu planalto irá encontrar tantas maravilhas de Portugal, paisagens, gado de raça caprina e bovina apascentar livremente pelos montes, um rico património natural e geológico e as suas aldeias serranas de Albergaria da Serra, Cabaços, Merujal e Castanheira, onde até as inférteis pedras dão à luz e são chamadas parideiras.