Ver (4)

Ver

Ondas da Serra possui na sua equipa pessoas apaixonadas pela fotografia e vídeo, por esta razão sempre que for possível iremos contar as nossas “histórias” através destas ferramentas porque acreditamos que as narrativas ganham valor e contribuímos para criar um repositório cultural recorrendo a imaginário coletivo das nossas gentes.

Convidamos os nossos leitores a ajudarem-nos nesta tarefa enviando-nos as suas fotos e imagens das suas tradições e cultura. Para esta recolha poderão utilizar as novas ferramentas de comunicação, telemóveis, tablets ou as vulgares máquinas fotográficas para mostrarem ao mundo a beleza das suas terras e tradições. Lembre-se que é impossível estarmos em todo lado e basta um pequeno vídeo ou uma fotografia realizadas com emoção para despertarem a curiosidade alheia e contribuir para divulgar e fazer perdurar a cultura tradicional. Não se preocupe com a qualidade mas com o conteúdo.

192 dias em Moçambique traduzem-se em mais de 4000 fotografias, 50 vídeos e inúmeros momentos que nenhuma objetiva poderia captar. Baterias explodiram, passaportes roubados (e reencontrados), fronteiras cruzadas e cajus (demasiados) apreciados. Infelizmente, os espinafres não resistiram, acabando dizimados pelas mãos de uma senhora de porte frágil mas força, aparentemente, invejável.

O Parque dos Ribeiras do Uíma, em Fiães (Santa Maria da Feira), foi criado para reabilitar um troço do rio Uíma com cerca de dois quilómetros e meio. Esta zona possui um ecossistema muito rico em virtude de ser o local de afluência de várias ribeiras dando-lhes caraterísticas de zona húmida. É lá que brilham os pirilampos desta nossa "história".

De 14 a 24 de fevereiro, o Museu do Papel, em Paços de Brandão, promove, de terça a sexta-feira, oficinas de Carnaval para construção de máscaras e chapéus de papel, inspirados no Arlequim, personagem divertida da antiga comédia italiana.

O Parque das Ribeiras do Rio Uíma fica situado nas freguesias de Fiães e Lobão, combinando vários sistemas de zonas húmidas, terrestres e ocupação humana. Neste local podem observar-se espaços muito ricos a nível da diversidade de habitats, albergando grande número de espécies vegetais e animais.