Cantinho da Fogaceira abre a 3 de janeiro Cantinho da Fogaceira
quinta, 21 dezembro 2017 16:01

Cantinho da Fogaceira abre a 3 de janeiro

Classifique este item
(1 Vote)

Espaço para empréstimos, doações e informações

O espaço destinado a empréstimos e doações de vestidos e sapatos brancos utilizados pelas meninas na Festa das Fogaceiras – celebrada a 20 de janeiro – abre as portas no dia 3 de janeiro e mantém o atendimento ao público até ao dia 17. O Cantinho da Fogaceira está instalado no edifício da Loja Interativa de Turismo de Santa Maria da Feira, junto à Câmara Municipal.

Criado em 2015, o Cantinho da Fogaceira tem vindo a fomentar na comunidade um movimento solidário em torno desta festividade. O Cantinho da Fogaceira dispõe de um stock limitado de vestidos, sapatos e acessórios para empréstimo, parte deles adquiridos pela organização e outros doados por famílias de meninas fogaceiras. Aqui é também disponibilizada informação e aconselhamento sobre as normas de bem trajar e postura nos momentos mais solenes.

No Cantinho da Fogaceira funcionará ainda um espaço de ateliê, para transmissão do saber-fazer artesanal associado à preparação das centenas de bandeiras coloridas de papel de prata que decoram as fogaças transportadas pelas meninas fogaceiras em tabuleiros de madeira, também eles minuciosamente decorados de forma artesanal por funcionários municipais.

Em 2018, este espaço terá as portas abertas de 3 a 17 de janeiro, na Loja Interativa de Turismo de Santa Maria da Feira, nos seguintes horários: de segunda a sexta-feira, das 10h00 às 18h00; sábados, das 10h00 às 17h00 [encerra das 13h00 às 14h00].

 

A beleza da simplicidade

Todos os anos, centenas de meninas de todo o concelho desfilam no Cortejo Cívico e na Procissão da Festa das Fogaceiras, vestidas e calçadas de branco, com a fogaça à cabeça, cumprindo uma promessa ao mártir S. Sebastião, que remonta a 1505. É o branco que marca a beleza, a simplicidade e a pureza deste gesto, pelo que o objetivo da organização é sensibilizar a comunidade para a importância de preservar a tradição do traje integralmente branco, que não deve ser confundido com bege ou pérola.

Na primeira semana de janeiro, a ficha de inscrição para as meninas fogaceiras será distribuída através das escolas e encontra-se, desde já, disponível on-line, no portal da Câmara Municipal, em www.cm-feira.pt (separador Cultura/Festa das Fogaceiras). Depois de preenchida e assinada pelo encarregado de edução, poderá ser entregue nas EB1 e EB2,3 do concelho, nas paróquias e no Cantinho da Fogaceira.

Para poderem participar, as meninas fogaceiras terão de completar, no mínimo, 8 anos até ao final de 2018. O vestido e todos os acessórios, incluindo os sapatos, terão de ser integralmente brancos, não sendo permitido o uso de bege ou de qualquer outra cor. Estas e outras recomendações e normas de participação no Cortejo Cívico e Procissão constam do Manual da Fogaceira, que será entregue nas escolas às meninas que irão participar pela primeira vez.

À semelhança de anos anteriores, a Câmara Municipal oferece o almoço às fogaceiras, oriundas de todo o concelho. No final dos festejos, as meninas levam para casa a fogaça que transportaram à cabeça, devendo partilhá-la com a família e amigos, como manda a tradição.

Para mais informações, os interessados devem contactar através do telefone 256 370 814 ou e-mail Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar..

Autor

Ondas da Serra

Ondas da Serra® é um Orgão de Comunicação Social periódico, distribuído electronicamente, que visa através da inserção de notícias, promover a identidade regional, o turismo, e a divulgação/defesa do património natural, arquitectónico, pessoas, animais e tradições, dos concelhos da região norte do distrito de Aveiro, nomeadamente: Ovar, Santa Maria da Feira, Espinho, São João da Madeira, Oliveira de Azeméis, Vale de Cambra e Arouca e do forma mais geral dos restantes municípios do distrito.

Itens relacionados

Invasões Francesas em Arrifana | Santa Maria da Feira

As Invasões Francesas em 1809 deixaram uma marca vincada na história do povo de Arrifana, concelho de Santa Maria da Feira. Há quem diga que tal sofrimento provocou um síndrome de bairrismo invulgar na população.

S. João da Madeira recebe II Encontro da Rede Portuguesa de Turismo Industrial

Encontro em S. João da Madeira, nos dias 5 e 6 de abril | Turismo industrial dá passos para formalizar rede nacional | Programa inclui apresentação da Norma Portuguesa da Qualidade do Turismo Industrial

Os promotores de programas de turismo industrial em Portugal estão a dar passos firmes no sentido de formalizarem a rede que já os une e que marcou encontro para o edifício da Torre da Oliva, em S. João da Madeira, nos dias 5 e 6 de abril.

Alunos do secundário mergulham no Imaginarius

Projeto “Fractions of Whole” é uma criação em estreia absoluta

Para os alunos do 10.º ano do Curso de Animação Sociocutural da Escola Secundária Coelho e Castro, de Fiães, a criação de um espetáculo para o festival Imaginarius é um grande desafio e uma oportunidade única que – acreditam os jovens – vai marcar o seu percurso escolar e ajudar a definir o seu rumo profissional. O performer e acrobata Daniel Seabra assume a coordenação artística de um amplo projeto de capacitação para o circo contemporâneo e criação artística, que arrancou em fevereiro, intitulado “Fractions of a Whole”, cujo resultado será apresentado em estreia absoluta no Imaginarius, nos dias 25 e 26 de maio.