quinta, 05 abril 2018 22:43

Invasões Francesas em Arrifana | Santa Maria da Feira

Classifique este item
(0 votos)

As Invasões Francesas em 1809 deixaram uma marca vincada na história do povo de Arrifana, concelho de Santa Maria da Feira. Há quem diga que tal sofrimento provocou um síndrome de bairrismo invulgar na população.

Integrado no programa oficial da V Capital da cultura do Eixo Atlântico, o evento será uma lição de história para todos aqueles que visitarem Arrifana. Durante 3 dias, haverá atividades culturais, animação de rua e uma encenação histórica a não perder.

Dia 13, Sexta-feira:

15h00: Palestra Arrifana e as Invasões Francesas. Roberto Carlos Reis CEGOT - Centro de Estudos de Geografia e Ordenamento do Território das Universidades de CoimbraPorto e Minho. Escola E.B. 2,3 de Arrifana.

19h.00 - Abertura da Feira Peninsular. Largo Manuel José Pereira

21h.00 – Concurso pastel oficial “O melhor Napoleão de Arrifana”

21h.30 - Encenação do Primeiro Ato “Assassinato do soldado francês”. Rua Américo Resende e Largo da Guerra Peninsular

22h.00 – Performance musical - “Rusga de Milheirós de Poiares”. Feira Peninsular - Largo Manuel José Pereira

Dia 14, Sábado:

10h.00 - Reabertura da “Feira Peninsular” Largo Manuel José Pereira

11h.00 - Desfile de Milícias de Arrifana pela "Feira Peninsular"

14h.30 – Abertura Torre Multiusos – Exército de Portugal

15h.30 - Animação de Rua com a atuação do Grupo de Percussão “A Rua’Da”

16h.30 - Animação de Rua. “Fazenda dos Animais"

18h.30 - Eucaristia em Memória dos Mártires das Invasões Francesas de Arrifana

21h.00 – Encenação do Segundo Ato “A retaliação francesa” – Largo da Guerra Peninsular, Rua Regimento Engenharia de Espinho e Largo Manuel José Pereira

22h.00 – Concerto comentado e declamação de poesia, pela Banda de Música de Arrifana; comentários Roberto Carlos Reis (CEGOT - Centro de Estudos em Geografia e Ordenamento do Território -Unidade de Investigação e Desenvolvimento das Universidades de Coimbra, Porto e Minho )  e declamação de poesia (alunos da Escola E.B. 2,3 de Arrifana) Igreja Matriz de Arrifana

23h.00 - Atuação do Rancho Folclórico "Estrelas Brancas" – Feira Peninsular. Largo Manuel José Pereira

 

Dia 15, Domingo:

10h.00 - Romagem ao Monumento da Guerra Peninsular com a participação do Grupo de Recriação Histórica do Exército e das Milícias de Arrifana

11h.00 – Reabertura da Feira Peninsular e Animação de Rua - Milícias de Arrifana

15h.00 – Encenação do Terceiro Ato “Os Quintados” – Igreja Matriz de Arrifana, Largo Élio Amorim, Rua Dr. António Gomes Rebelo e Campo da Buciqueira

16h.15 – Interpretação “Hino de Arrifana” – escadaria Igreja Matriz de Arrifana

16h.30 - Animação de Rua Grupo de Percussão “Rufus e Circus”

Lida 648 vezes

Autor

Ondas da Serra

Ondas da Serra® é um Orgão de Comunicação Social periódico, distribuído electronicamente, que visa através da inserção de notícias, promover a identidade regional, o turismo, e a divulgação/defesa do património natural, arquitectónico, pessoas, animais e tradições, dos concelhos da região norte do distrito de Aveiro, nomeadamente: Ovar, Santa Maria da Feira, Espinho, São João da Madeira, Oliveira de Azeméis, Vale de Cambra e Arouca e do forma mais geral dos restantes municípios do distrito.

Itens relacionados

Percursos pedestres em Aveiro

O nosso magnifico distrito possui dezenas de trilhos onde podemos observar a natureza, pássaros, insetos, flores, árvores e escutar um silêncio que dificilmente encontramos no meio urbano. Por vezes durante as caminhadas poderá cruzar-se com os habitantes desses locais, lembrem-se que um cumprimento e um sorriso não custam nada e fazem muito bem. Nós temos falado com pastores, pescadores, idosos e feirantes que sempre nós ensinam algo e nos relembram de outros tempos em que a sociedade estava mais unida.

Eventos Ondas da Serra

Ondas da Serra pontualmente efetua alguns eventos onde pretendemos envolver a nossa comunidade. Nós achamos ser nosso dever partilhar os nossos conhecimentos, sobre yoga, meditação, amor que temos pela humanidade, património natural e arquitetónico, animais e tradições. Defendemos um mundo melhor, onde as pessoas vivam em harmonia consigo próprias e com o universo, sem semearem a discórdia. Já fomos andar de bicicleta, de bateira na Ria de Aveiro, de barco no Rio Douro, subimos serras, mergulhamos em lagoas, fizemos yoga e meditação e partilhamos almoços em locais fantásticos. Aqui ficam alguns dos nossos momentos, não perca a oportunidade de viajar connosco.

Museus na região Aveiro

Ondas da Serra apresenta neste artigo uma seleção de museus que pode visitar, onde poderá apreender sobre história, património, história da cortiça, chapelaria, música, rádio, espécies de peixes, azulejos, casas antigas, ferramentas agrícolas ou como se fabricava o papel.