domingo, 09 julho 2017 10:56

Vaga-lume | Poema de Fernando Pinto

Classifique este item
(0 votos)

O nosso colaborador Fernando Manuel Oliveira Pinto é um vareiro apaixonado pela sua terra de Ovar e que se perde no seu mar e ria. O Fernando é jornalista profissional, fotógrafo e realizador de curtas-metragens de vídeo. Como amante das artes tem jeito para a escrita que se realiza na sua poesia e contos. O seu último livro de poemas “Mar e outros poemas” é para ser lido pelos amantes das forças da natureza que regem o homem tendo o mar como ritmo dos seus versos. A pintura é outra das suas paixões que usa para pincelar a vida da forma que lhe aprouver.

Ver os pirilampos à noite nos Passadiços do Rio Uima

O que nos trás aqui hoje é a viagem que Ondas da Serra levou o Fernando Pinto a fazer. Sabida que é a sua paixão pelo maravilhoso e subtil fomos numa surtida noturna ver os pirilampos ao Parque das Ribeiras do Uima em Fiães – Santa Maria da Feira. Já antes lá tínhamos estado em trabalho numa apresentação noturno levado a cabo por técnicos da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira.

Já imaginávamos que o espetáculo noturno fosse desencantar o seu lado poético e efetivamente do seu interior brotou um poema que aqui fica explanado.

 

VAGA-LUME

 

Com os olhos a piscar

conto as estrelas do céu.

Com as mãos mergulhadas

numa poça de água

apanho estrelas-do-mar.

Com o coração aos pulos

capturo o sorriso de um pirilampo.

Voa, na intermitente escuridão,

o inocente vaga-lume, qual Romeu

trocando mensagens de amor

com a sua Julieta.

 

– Os pirilampos são as estrelas da terra,

segredaste-me ao ouvido. Coleciono,

desde então, sorrisos apaixonados...

 

Poema de Fernando Pinto

 

Vaga-lumes

 

 

Leia o nosso artigo sobre os vaga-lumes, "A Magia dos pirilampos do Uíma".

Lida 757 vezes

Autor

Ondas da Serra

Ondas da Serra® é um Orgão de Comunicação Social periódico, distribuído electronicamente, que visa através da inserção de notícias, promover a identidade regional, o turismo, e a divulgação/defesa do património natural, arquitectónico, pessoas, animais e tradições, dos concelhos da região norte do distrito de Aveiro, nomeadamente: Ovar, Santa Maria da Feira, Espinho, São João da Madeira, Oliveira de Azeméis, Vale de Cambra e Arouca e do forma mais geral dos restantes municípios do distrito.

Itens relacionados

Ria de Aveiro: Conheça belo trilho escondido para BTT

As margens da extensa laguna da Ria de Aveiro, oferecem aos amantes da natureza, birdwatching, caminhadas e BTT, inúmeros locais paradisíacos para explorar. Alguns destes percursos estão já devidamente referenciados, mas há outros menos conhecidos que permitem viajar na companhia da ria, pelo lado lunar, por trilhos em terra batida, taludes ou passadiços. O Ondas da Serra ao longo do tempo foi explorando estes recônditos caminhos, catalogando e unindo alguns percursos menos conhecidos. Neste artigo vamos dar-lhe a conhecer um trilho entre Ovar e Aveiro, com mais de 80 quilómetros, pelo lado nascente da ria, assinalar cais, ribeiras e esteiros, pontos de interesse, fauna e flora. Vamos também disponibilizar os arquivos de tracking para os seus aplicativos de desporto, de forma a poderem também seguir a nossa exploração.

Janarde bela vista do Rio Paiva e Icnofósseis de Mourinha

Janarde em Arouca foi abençoada com uma luxuriante natureza e vista soberba sobre o vale do Rio Paiva, preservando ainda algum do seu casario em xisto e socalcos agrícolas que outrora davam pão ao povo. É também uma velha terra com milhões de anos gravados na história geológica das suas rochas. O espírito de Deus ao pairar sobre as águas deu à luz a vida, tendo a sua criação moldado seres de todas as formas e feitiços, que foram vivendo e morrendo ao longo de milhões de anos. Muitos foram aqueles que nos deixaram provas da sua existência, através dos restos fossilizados dos seus corpos ou icnofósseis das pistas por onde passaram, existindo aqui um importante geossítio do Arouca Geopark, onde poderá admirar marcas deste passado. A nossa curiosidade levou-nos a fazer um pequeno trilho para conhecer esta terra, paleontologia, icnofósseis, meandros, cocheiros e biblioteca do Rio Paiva.

Novas Ecopista de S. Pedro do Sul e Ecopista de Vouzela

Novos percursos da Ecopista do Vouga | Ecopista de São Pedro do Sul e Ecopista de Vouzela

O Ondas da Serra regressou de bicicleta à Ecopista do Vouga, para conhecer a Ecopista de São Pedro do Sul e a mais recente Ecopista de Vouzela, que também aproveitaram o antigo percurso ferroviário. O caminho que escolhemos começou na Serra da Freita e terminou na estação ferroviária de Macinhata do Vouga. Neste artigo vamos contar-lhes a nossa aventura através dum percurso espetacular que também pode fazer pelos melhores trilhos de Viseu e Aveiro.