Imprimir esta página
Festas em honra de Nossa Srª d'Ajuda - Espinho Tapetes de sal - Festas em Honra Nossa Senhora d'Ajuda em Espinho Ondas da Serra
segunda, 17 outubro 2016 13:25

Festas em honra de Nossa Srª d'Ajuda - Espinho Destaque

Classifique este item
(0 votos)

Realizou-se no passado dia 18 Setembro 2016, como manda a tradição a procissão em honra de Nossa Srª d’Ajuda em Espinho. A tarde de finais de Verão apresentou-se ventosa, o que não demoveu milhares de forasteiros e crentes de se amontoarem pelas ruas para assistirem aos festejos.

O ponto alto das cerimonias religiosas deste concelho tem um aspeto invulgar, as ruas por onde passa o cortejo são preparadas desde a madrugada por organizações cívicas e particulares com tapetes de cores vivas, com mensagens de cariz religioso, que remetem os crentes para a introspeção. O ingrediente principal destes trabalhos é o sal, esse condimento que na antiguidade os Romanos tanto valorização e que serviu até como pagamento de trabalho, dai o nome salário.

A majestosa procissão tem o seu ponto alto na passagem junto ao mar. A GNR a cavalo e a banda filarmónica abriram este desfile de exaltação religiosa. Os andores vão passando, transportados por novos e velhos, civis e militares. As crianças também participam e são transfiguradas com vestes simbólicas das personagens religiosas escolhidas pelos familiares.

A meio do percurso a procissão faz uma pausa, sendo tempo do Srº Padre com as suas palavras relembrar o povo do que está lá a fazer e dar a bênção ao mar para que os proteja a todos por mais um ano.

A majestosidade da procissão foi reforçados pela presença do deputado Luís Montenegro, Presidente da Camara local, Pinto Moreira, entidades civis, militares e policiais.

No final os tapetes de sal são destruídos pela passagem do tempo, da procissão e dos crentes. Estes exemplos do simbolismo da vida para o ano serão refeitos e assim se perpetuará esta antiga tradição.

Nada retira a importância das experiências vivificadas na primeira pessoa, mas neste trabalho em vídeo tentou-se captar os sentimentos e a ambiência que levam a que estas tradições façam parte da identidade regional dos Espinhenses e da alma do nosso povo em tantas paragens de Portugal. O nosso objetivo é contribuir para que estas manifestações culturais não morram e se fortaleçam.

 

 

Lida 669 vezes

Autor

Ondas da Serra

Ondas da Serra® é um Orgão de Comunicação Social periódico, distribuído electronicamente, que visa através da inserção de notícias, promover a identidade regional, o turismo, e a divulgação/defesa do património natural, arquitectónico, pessoas, animais e tradições, dos concelhos da região norte do distrito de Aveiro, nomeadamente: Ovar, Santa Maria da Feira, Espinho, São João da Madeira, Oliveira de Azeméis, Vale de Cambra e Arouca e do forma mais geral dos restantes municípios do distrito.

Últimas de Ondas da Serra

Itens relacionados

São João de Fontoura na Rota dos Cerejais

Os vastos horizontes que se têm aberto ao Ondas da Serra levaram-nos para fora de Aveiro para ver outras maravilhas do nosso país, desta vez fomos até São João da Fontoura em Resende, para degustarmos a sua Rota dos Cerejais.

Caldas de São Jorge | Terra de mártir, poesia, rio e águas termais

Caldas de São Jorge é uma freguesia de Santa Maria da Feira, bastante conhecida pelas suas águas termais, mas que tem outras riquezas à espera de serem descobertas.

Pateira de Fermentelos | Uma idílica viagem à tranquilidade

Um destes domingos com sol radioso fomos explorar a Pateira de Fermentelos ou de Espinhel como é também conhecida, localizadas em Águeda. Partimos à aventura em Oís da Ribeira, tendo começado o percurso junto ao seu parque de lazer. Como guia para a nossa caminhada seguimos o PR1, que passa também junto aos rios Cértima e Águeda.