Pág. 5 de 5

O troço que liga Espinho a Oliveira de Azeméis, da Linha do Vale do Vouga, está a celebrar 108 anos em funcionamento. Viagens ao passado que o comummente conhecido por ‘Vouguinha’ continua a proporcionais aos seus passageiros, apesar da necessidade gritante de modernização. A obra de engenharia revolucionou a mobilidade e permitiu a Santa Maria da Feira seguir viagem em direção do futuro.

Arouca possui uma grande riqueza a nível do património natural e arquitetónico, abaixo o nosso leitor poderá ler uma síntese de alguns destes locais e monumentos que poderá visitar. Quando se deslocar a estes locais não deixe de visitar as aldeias que estão próximas e ver quadros reais dum Portugal de outros tempos. Por vezes parece que o tempo voltou para trás e até se vêem ainda a circular motorizadas "SIS Sachs V5" por pessoas com alguma idade. Em muitos locais o passado e o presente encontram-se fornecendo ao fotografo capturas duma realidade muito peculiar.

Faz parte do Maciço de Gralheira, juntamente com a Serra da Arada (1057 m.) e do Arestal (830 m.), ultrapassando alguns dos seus cumes os 1000 m. de altitude. Ao longo da sua vasta extensão, para além de muitos outros atractivos, pode deparar-se com a Fecha da Mizarela, a secular capela da Sra. da Lage, o fenómeno único das Pedras Parideiras, a Portela da Anta e algumas das aldeias mais características da região, como a Castanheira, Cabreiros e Cando.

Pág. 5 de 5