Pág. 4 de 5

As capelas dos Passos de Ovar, consideradas desde 1946 Imóveis de Interesse Público, constituem um conjunto de sete capelas de estilo rococó que datam do século XVIII e que representam um registo arquitetónico e artístico único de Portugal.O percurso, que simboliza a Paixão de Cristo, começa na Igreja Matriz e passa por cinco capelas na zona histórica da cidade, terminando na capela do Calvário.

O parque do Buçaquinho é um espaço ambiental lúdico-pedagógico, com diversos recursos naturais ao nível da fauna e da flora, disponibilizando ainda um conjunto de equipamentos que permitem atividades pedagógicas no âmbito da educação e interpretação ambiental, do birdwatching e das energias renováveis e atividades de lazer ao ar livre.

Em Portugal, as praias fluviais são formas refrescantes de mergulhar em ambientes de beleza ímpar, esculpidos no seio da natureza. A praia fluvial da Mamoa, na freguesia de Milheirós de Poiares, é ideal para os apaixonados por desportos ao ar livre e momento de profundo relaxamento.

Dedicado exclusivamente a aves, com uma coleção de cerca de 500 exemplares de 150 espécies diferentes, distribuídas por 80 habitats de cativeiro, o Zoo de Lourosa, no concelho de Santa Maria da Feira, é o único parque ornitológico de Portugal.

O centro histórico de Santa Maria da Feira volta a receber o maior festival de artes de rua realizado em Portugal. Entre os dias 26 e 27 de Maio, o concelho recebe grandes produções internacionais e criações locais. O acesso é gratuito.

O Museu de Santa Maria de Lamas foi fundado na década de 50 do século XX (1957), tendo como diretora atualmente Susana Ferreira. Neste espaço poderá encontrar e descobrir a história da cortiça no concelho, visualizar obras-primas efetuadas pelas mãos hábeis de artesãos e compreender a razão deste material ter transformado Santa Maria da Feira no maior produtor e transformador mundial deste material natural.

Pág. 4 de 5