Pág. 3 de 3

Reunímos os melhores locais para dormir enquanto descobre o património de Oliveira de Azenéis. O concelho é um dos destinos imperdíveis para os amantes de cidades com uma agenda cultural intensa, permanentemente quebrada por workshops de história, arte e, claro, vida. Recarregue baterias em alguns dos hotéis, pousadas ou quintas mais icónicos desta terra enquanto aproveita para explorar caminhos apaixonantes ppor paisagens e histórias.

A história moderna do homem principalmente nos países ocidentais é pautada por um considerável progresso em todas as áreas desde a saúde, tecnologia, à ciência. Mas nem sempre foi assim, esta era de abundância é recente e pode não ser duradoura. Em meados do século passado em Portugal o povo subsistia como podia, sendo conhecida nas aldeias a história duma “sardinha para três”. O povo vivia da agricultura e a indústria escasseava, vivia-se o “orgulhosamente sós” do Estado Novo.

Manuel Faria Plácido Resende. Nasceu em 1930, no Lugar dos Moinhos, freguesia de Sanfins, Santa Maria da Feira. Feirense há 86 anos, o “Senhor Plácido” assim como é conhecido na terra, apresenta uma lucidez indescritível no seu discurso. As suas memórias e vivências, quando contadas na primeira pessoa, são como uma fotografia real de todo o seu percurso. Ouvir as histórias é sinónimo de mergulhar no passado desta personalidade que se mistura inexplicavelmente com a realidade da ancestral e saudosa “Vila da Feira”. Fotografia, pintura e música são as suas principais paixões e traduzem a eloquência das suas palavras quando atrás de si já ultrapassou toda uma vida.

Pág. 3 de 3