A barrinha de Esmoriz/Lagoa de Paramos parecia em tempos condenada ao infortúnio. No entanto, em setembro de 2016, arrancaram os trabalhos de requalificação e em junho deste ano abriram os passadiços. Esta zona lagunar fica situada na fronteira entre os concelhos de Espinho e Ovar e tem boas acessibilidades seja de carro ou comboio.

O nosso magnifico distrito possui dezenas de trilhos onde podemos observar a natureza, pássaros, insetos, flores, árvores e escutar um silêncio que dificilmente encontramos no meio urbano. Por vezes durante as caminhadas poderá cruzar-se com os habitantes desses locais, lembrem-se que um cumprimento e um sorriso não custam nada e fazem muito bem. Nós temos falado com pastores, pescadores, idosos e feirantes que sempre nós ensinam algo e nos relembram de outros tempos em que a sociedade estava mais unida.

Esta é a segunda parte do artigo que retrata algumas pessoas que se cruzaram com a equipa do Onda da Serra no trilho PR2 – Rota dos três rios – Albergaria-a-Velha.

A equipa do Ondas da Serra andou a percorrer dois trilhos em Albergaria-a-Velha mais concretamente o PR1 – Rota do linho e PR2 – Rota dos três rios, tendo conhecido as aldeias de Ribeira de Fráguas, Vilarinho de São Roque, Telhadela, Palhal e alguns dos seus habitantes.

Muitas vezes na vida andamos e não caminhamos, vemos e não observamos e ouvimos sem escutar. Gostamos das caminhadas na natureza porque elas nos oferecem a possibilidade se estivermos atentos de observar as pequenas vidas dos insetos, conhecer novas plantas ou ver pegadas de animais.

O percurso pedestre PR2 de Albergaria-a-Velha, denominado Rota dos Três Rios, tem início e fim em Vilarinho de S. Roque, Aldeia de Portugal. Este trilho passa por três rios, Caima, Fílveda e Pequeno, ladeando as suas margens ribeirinhas, com grande riqueza ripícola, da fauna e flora. Em virtude deste trilho ser um pouco extenso, nós fizemos o mesmo em duas etapas. Neste artigo vamos descrever o trecho que exploramos entre Ribeira de Fráguas e Vilarinho de S. Roque, que se caracteriza pela sua beleza, moinhos e açudes ribeirinhos. Esta caminhada é valorizada pelos seus passadiços e pontes em madeira construídos junto do Rio Fílveda em Ribeira de Fráguas.